Este é um blog pessoal, onde colocarei textos escritos por mim em momentos de alegria e de angustia e textos que chegam em minhas mãos através de e-mails de amigos e que de alguma forma tocam meu eu interior.

31 de julho de 2016

Uma Vida de Paixões

Cecília sempre foi uma mulher apaixonada pela vida.
Casou, teve filhos, ativa e sonhadora. Sonhava com amores, paixões mescladas de amor e ódio. Muitas e muitas vezes olhava para a calma do companheiro e em sua mente vinham paixões passadas, de outras vidas e embora amasse seu companheiro, sua família sentia que não encontrara o amado a quem seu coração pertencia pela eternidade. Um dia seu companheiro partiu e Cecília fechou seu coração., mas não conseguiu fechar suas lembranças.
Em sua longa vida de espírito livre tantas paixões e tantos amores haviam batido em sua porta, este havia sido um refrigério, uma amigo que caminhava a seu lado ensinando e aprendendo.
O tempo, há o tempo foi passando e Cecília começou a sentir saudade de seu eterno amado, e um carinho por seu companheiro que partira.
Um dia a saudade era tão intensa que Cecília queria sair, queria encontrá-lo em qualquer esquina da vida, porém sabia que não era possível, sua dívida era grande para com o amor, errara muito por causa desse amor. Sabia que precisava primeiro resgatar o amor nela mesma, o amor que não soubera manter puro em seu coração e chorou... chorou muito...
Perdida em seus pensamentos Cecília vai caminhando à beira-mar e vai relembrando tantos momentos diferentes em que puderam estar juntos, momentos marcados por separações dolorosas, em que o ódio, a mágoa, a revolta e a vingança são a tônica dessas vidas.